Pato B - Jornal Online

Conteúdo

Enquete

PDF Print


E-Protocolo agiliza atendimento ao público e economiza recursos

Passou o tempo em que as mesas de trabalho dos órgãos do Governo do Paraná ficavam abarrotadas com processos. A adoção do e-Protocolo, sistema desenvolvido para ser a porta de entrada de todas as demandas aos serviços públicos do Estado, proporciona desburocratização nos atendimentos à população e economia de recursos. Em 2019, o sistema gerou economia de R$ 1,1 milhão, levando em conta a redução no consumo de serviços de reprografia e uso de papel.

Dos 777.987 protocolos registrados no Estado no ano passado, 621,6 mil foram digitais, aproximadamente 80% do total. Foi o inverso do ano anterior, quando 91% dos processos que tramitaram no Governo eram em papel.

A diferença pode ser sentida na agilidade e desburocratização dos serviços. As relações entre Estado e os municípios é um exemplo. O e-Protocolo facilitou os processos de liberação de recursos feitos pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas. Hoje, os 399 municípios do Paraná estão cadastrados no sistema e-Protocolo e os gestores não precisam mais se deslocar a Curitiba para assinar convênios. Tudo é feito pela internet mediante certificação digital. A medida ainda gerou economia com gastos com correios e diárias de viagens.

Na Procuradoria-Geral do Estado, o tempo médio de tramitação de expedientes administrativos foi reduzido de 149 para 10 dias após a adoção do e-Protocolo. Outro exemplo vem da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), onde os protocolos digitais agilizaram a análise dos processos. Em 2019, a Coordenação analisou 927 processos. Nos 12 meses anteriores, a Comec conseguiu analisar apenas 522 processos.

Na Secretaria de Administração e da Previdência, o tempo médio de tramitação dos processos caiu consideravelmente. Para se ter uma ideia, o processo de compra de materiais, quando o trâmite se dava em papel, chegava a 30 dias entre o início do protocolado e a liberação para licitação. Com a adoção do protocolo digital, o tempo médio caiu para sete dias.

Os processos de aposentadorias dos servidores, que da forma física chegava a levar 136 dias, passou para 50 dias com o sistema digital, segundo dados da ParanaPrevidência.

COMO FUNCIONA - Qualquer pessoa pode se cadastrar no e-Protocolo para iniciar demandas junto ao Governo do Paraná ou para consultar o andamento de solicitações. Para cidadãos em geral, é preciso efetuar um cadastro no Paraná Inteligência Artificial (PIÁ). A plataforma permitirá que o cidadão tenha acesso a serviços, de forma ágil e personalizada.

Com o cadastro feito no PIÁ, basta acessar o site do e=-Protocolo, clicar na aba "Ainda não sou cadastrado" e seguir as orientações. O cadastro dos servidores públicos e usuários externos devem ser atualizados pelo Gestor de Acesso do Órgão ao qual pertencem, de acordo com as atividades que desempenharem em sua unidade administrativa.

 


 
Patob.com.br - Todos os direitos reservados