Pato B - Jornal Online

Conteúdo

Enquete

PDF Print


Gaeco denuncia 133 pessoas por envolvimento com facção criminosa

O Ministério Público do Paraná, por meio do Núcleo de Londrina do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), ofereceu 14 denúncias criminais contra 133 pessoas envolvidas com organização criminosa que atua em diversos estados, especialmente no Norte paranaense, a partir de presídios. Os réus foram investigados no âmbito da Operação Sicário, ação deflagrada pelo MPPR em julho e que culminou no cumprimento de 68 mandados de prisão e 80 de busca e apreensão em 40 cidades paranaenses e em um município do estado de São Paulo.

Os denunciados são acusados de crimes como participação em organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, comercialização e porte de armas, tortura mediante sequestro e tentativa de sequestro. O trabalho de investigação da Operação Sicário foi desenvolvido em conjunto pelo Gaeco, pela 16ª Promotoria de Justiça de Londrina e pela Polícia Militar (2º Comando Regional, 5º Batalhão de Polícia Militar e 4ª Companhia Independente de Polícia Militar). Dos 133 acusados, 98 encontram-se presos - os demais são considerados foragidos.

 


 
Patob.com.br - Todos os direitos reservados