Pato B - Jornal Online

Conteúdo

Enquete

PDF Print


Local

Tainara Christina Pizzatto, 17, nunca fez cursinho, mas fez o Ensino Médio no Colégio Mater Dei, sempre vislumbrando Medicina. Durante o seu Terceirão, prestou alguns vestibulares: UPF, Acafe, UEPG e Fadep, ao qual já havia sido aprovada em setembro, quando ainda não podia assumir a vaga. Na prova realizada em 18 de novembro, ela foi a melhor aluna entre todos os candidatos e conquistou o 1º lugar geral no curso de Medicina da Faculdade de Pato Branco (Fadep).

A conquista vem da soma de seus esforços como aluna, aproveitando ao máximo os subsídios que lhe são fornecidos, com excelente material didático, ensino extensivo e os melhores professores afiados em vestibulares.
Tainara conta que desde a 1ª série do Ensino Médio já queria Medicina. Por isto, ela deixou os pais em Concórdia-SC, para mudar-se com a irmã Ionara, em Coronel Vivida, com o intuito de vir estudar no Colégio Mater Dei. Ela é filha de Nelma Antonia Pizzatto e Antônio Pizzatto, que é empresário no ramo de agronegócio, e tem dois irmãos mais velhos, além de Ionara, também Rodrigo.

"Este ano foi bem decisivo. Desde 2016 comecei a estudar mais e mais. Recebi bastante apoio e incentivo dos professores e os materiais didáticos são muito bons, dão o salto para a frente para você continuar estudando. Eu destacaria Física e Biologia. Nunca consegui pensar em outro curso. A vantagem de fazer em Pato é poder estar em casa e receber todo o apoio emocional", comentou.

Para frequentar as aulas do Mater Dei, nos últimos anos, sempre se levantou às 5h40 de todos as segundas a sextas-feiras, pois apesar de ser um município próximo, levava uma hora para chegar de sua casa até o colégio, vindo de ônibus escolar. "Este ano senti mais puxado, foi ficava a tarde e chegava mais que as 18h em casa, todas as segundas, terças e quintas-feiras", comentou.

Desempenho

Para Tainara, os simulados ofertados pelo Colégio fizeram a diferença em seu preparo, além do aprendizado que teve em Redação. Como primeiro lugar geral em Medicina, ela somou uma pontuação geral de 303,750, entre discursivas e objetivas. Ela gabaritou as 05 questões de Literatura Brasileira; e passou muito perto de 100% de acerto em todas as outras disciplinas: 6 de 8 questões de Língua Portuguesa; 4 das 5 de História; 3 das 5 de Geografia; 6 das 7 questões de Matemática; 4 das 6 de Física; 5 das 6 de Química; 7 das 10 questões de Biologia; 5 das 08 de Língua Estrangeira.

O vice-diretor do Colégio Mater Dei,Fabricio Guerra postou salientando que ela conquistou o primeiro lugar geral do curso de medicina em Pato Branco, concorrendo com candidatos de vários estados. "Parabéns a aluna, a família e a toda equipe pedagógica do Colégio Mater Dei! Quando o trabalho é sério, os resultados aparecem. Uma ótima notícia para comemorar os 50 anos do Mater Dei, que serão completados em 2018."

 


 
Patob.com.br - Todos os direitos reservados